O Vinho do Cunhado

Você é associado da Sociedade da Mesa e, portanto, somente tem em casa vinhos muito bons, quando não pequenas maravilhas.

Situação número 1: alguém em sua casa decide fazer um prato que usa vinho.

Situação número 2: seu filho adolescente vai a uma festa de queijo e vinho e pede uma garrafa para levar.

Situação número 3: aquele amigo que gosta daquele vinho docinho de garrafão e pelo qual se orgulha de pagar somente cinco reais, vem jantar.

Situação número 4: sua filha vai fazer 15 anos, e a tradição diz que tem de ter ponche na festa.

Situação número 5: é São João, e alguém inventou de fazer vinho quente.

Situação número 6: alguém lhe deu um “madre” de vinagre, e você quer ver se funciona.

Situação número 7: seu cunhado aparece de repente.

Que fazer?

Na sua próxima ida ao supermercado, não se esqueça de comprar duas garrafas daquele vinhozinho de procedência duvidosa que está sempre em promoção. Vai livrar você de um apuro! É o que eu chamo de “O Vinho do Cunhado”, não só porque está reservado para ele mas porque, como do tal você não gosta e cunhado é inevitável, pode o vinhozinho até tirar você de um apuro.

Se seu cunhado também é da Sociedade da Mesa e, portanto, também vai ler este texto, guarde para ele o vinho deste mês, e assim ninguém se ofende!

 

Faça parte do nosso clube: vinhos selecionados por uma rede mundial de especialistas, entregues na porta de sua casa, por preços até 40% abaixo dos praticados no mercado! Associe-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *