Odre

Os odres já foram muito utilizados para armazenamento e transporte de líquidos, especialmente os líquidos sensíveis à oxidação, caso do vinho e do azeite de oliva.

Um odre nada mais é que um saco de couro de cabra untado por dentro com “pez”, um derivado do alcatrão que serve para tornar o couro impermeável, principalmente vedando as costuras. Como o saco é flexível e se adapta ao volume do que carrega, é possível retirar uma parcela do líquido que transporta e fechá-lo, sem que fique nenhuma “gota” de ar dentro, assim evitando a oxidação.

Um grande inconveniente dos odres tradicionais é que o gosto do pez passará para o que quer que se carregue neles.

Existem odres de todo tamanho, alguns possuem o próprio formato da cabra de cujo couro foram feitos. Muito comuns ainda são as tradicionais “botas” de vinho espanholas (um pequeno odre, com capacidade de um a dois litros), que os turistas costumam adquirir como “souvenir”.

 

Experimente nossas seleções e viva a melhor e mais abrangente experiência enológica. Associe-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *