El Bierzo

El Bierzo é uma região que ainda que pertença à província de León e ainda que se encontre na fronteira dessa mesma província com o Principado de Astúrias e com a Galícia, tem cultura própria, e suas gentes não se consideram leoneses, nem castelhanos, nem asturianos, tampouco galegos. São bercianos. Tal como sua cultura, sua geografia não chega a ser nem a continental “castellena” nem a “atlántica galega”. Tal como sua geografia, sua língua não chega a ser nem galego, nem asturiano, nem leonês, mas – e eles que não me ouçam! – “castrapo”, que é “castellano con trapo”. Isso, trapo mesmo, com todo seu sentido pejorativo!

Mas existe uma coisa no El Bierzo que não é mistura de nada, que é só de lá e de nenhum outro lugar: a uva mencía. Ao contrário de outras uvas espanholas, a mencía não está em ascensão, é pouco conhecida, inclusive na Espanha, e quase ignorada fora de lá. A D.O. El Bierzo é de 1998, e os novos ares da vitivinicultura somente agora vão soprando por ali. O mencía del Bierzo ainda será vinho de culto – esse é o meu vaticínio. A mencía está para as uvas como Anita O’Day está para as jazz singers: algumas têm um vozeirão e foram famosíssimas, mas outras, outras têm muito estilo, personalidade e língua afiada.

 

Quer conhecer a Sociedade da Mesa, clube de vinhos? Acesse nosso site e aproveite a oferta especial para leitores do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *