Um tinto feito de uva branca

O Heredad de Aduna foi elaborado com 90% de uva Tempranillo e 10% de Viúra.
Nada demais aparecermos por aqui com uma uva nova, não fosse este um vinho tinto e a Viúra, uma uva branca. Branca?! Pois é: branca!
Viúra é o nome usado na Rioja para essa uva, mais conhecido no resto da Espanha como Macabeo. O uso da Viúra na elaboração de tintos é relativamente comum na Rioja, mas como as proporções de Viúra são pequenas, sua presença geralmente não é mencionada nos rótulos.
A Viúra refresca o tinto trazendo-lhe uma acidez extra e fixando cores. Isso começou com o casual fato de que entre as vides tintas sempre se encontram algumas brancas, e, no momento da colheita, vai tudo para o mesmo tacho. Com a moderna demanda de vinhos com mais extrato, essas práticas vão rareando.

 

Leia também a Revista Sociedade da Mesa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *